sábado, 4 de junho de 2011

Desengajamento


Ministro de Estado, homem publico, político e militante de esquerda - Trotskysta - de longa data no Brasil consegue aumentar em VINTE VEZES seu patrimônio em QUATRO ANOS. Companheiros de partido nada veem de questionável - para dizer o mínimo - nisso. Tal evolução (?) resulta de serviços prestados como "empresário" e "consultor." Nada de questionável nisso também e seria leviano ou cinismo levantar hipóteses de caráter ético, legal ou ideológico sobre isso, evidente! EI$ A E$QUERDALHA BRA$ILEIRA!
O "rapper" MV Bill tentou amenizar as polêmicas sobre o ataque que fez a Ana Maria Braga pelo Twitter, após levar uma nota baixa da apresentadora no quadro "Dança dos Famosos", do "Domingão do Faustão". De acordo com o site "Ego", o músico disse que as pessoas não devem levar o microblog a sério.
"Vou esperar o programa se comunicar para falar o que decidiram sobre a repescagem. Achei tudo muito legal e agradeço a oportunidade (de participar do quadro). O que a gente escreve no Twitter ninguém pode levar a sério. Ali é um local para brincadeiras", disse.
MV Bill escreveu em seu Twitter sobre Ana Maria Braga , jurada do "Dança dos Famosos", depois de sua eliminação, no último domingo, dia 29.
"Se a jurada mais cascuda conseguisse fazer melhor, eu até levaria em consideração, sendo assim, então, f...! A vida continua", atacou. Ana Maria também já participou do quadro e foi eliminada.
Ele escreveu ainda: "Vou pra casa acender uma luz que me conduza a um lugar que não tenha culinária de futilidade nem modelo com cérebro de ervilha (referindo-se à modelo Amanda Brandão, que também estava no júri)".
Embora não esconda que tenha ficado triste com a eliminação, ele discursou a favor da competição e da realização pessoal. “Só de eu estar ali no palco, já foi uma grande superação. Valeu bastante!”, declarou o "rapper" ao site oficial da Globo.

Homens públicos, políticos, intelectuais, militantes desse tipo honram e enobrecem a esquerda, o Trotskysmo, as causas e lutas das classes trabalhadoras e populares pelo seu exemplo de coerência, rigor critico, ético, ideológico e comprometimento! Como diria aquele outro: "nunca antes na historia desse país tivemos tão eloquentes demonstrações de comprometimento com as causas do povo e as bandeiras da esquerda!"
Mais uma vergonha, pelos que já não tem mais nenhuma. Um minuto de silencio pelos que morrem pela omissão, descaso, escárnio, desprezo, demagogia, farsa, hipocrisia, cinismo, ilusão, mentira, indiferença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário