quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Existência

Na metade do dia cabe saudade, duvida, tristeza, medo;
Cabe esperança, ilusão, sonhos, memória;
Cabem as alegrias e fantasias dos anjos;
Os desejos e planos daqueles cuja existência espreita a vida;
Acalenta os corações, desarma os espíritos, encanta a razão;
O alento que alivia o fardo do longo caminho de misérias, violências e desvios dos que apenas sobrevivem, erram e tombam;
Porque basta existir para que a vida exceda e
nos esmague.

Nenhum comentário:

Postar um comentário